Publicado por: socorrismo12d | 19 de Abril de 2010

Entrevista a um socorrista

No dia 2 de Fevereiro, dirigimo-nos à clínica FozVida para realizarmos uma entrevista ao socorrista Daniel Simões. Colocamo-la agora no nosso blogue, após análise e tratamento, para que possamos transmitir a importância destes profissionais na nossa sociedade.

Entrevista a um socorrista

 1- Quando é que surgiu a sua veia socorrista?

Comecei a ver as ambulâncias a passar e isso desperto-me o interesse de saber o que eram, o que faziam, e como é que socorriam.

2- Foi marcado por algum acontecimento/ situação que de algum modo o tenha incentivado para esta área?

Não.

3- Há quantos anos é socorrista?

Há nove anos.

4- Que tipo de formação teve/tem?

Curso de socorrista e Tripulante de Ambulância.

5- Em que instituições é que já esteve incorporado?

Cruz Vermelha de Maiorca (Foi comandante dois anos).

6- Tem alguma história que o tenha marcado durante estes anos como socorrista?

Já apanhei de tudo. O que mais me emocionou foi conseguir, fazer um parto ao quilómetro 23 da A14. É qualquer coisa de extraordinário, tem a ver com a melhor parte. A parte menos boa tem a ver com ver certas situações acontecer e que podemos fazer várias coisas mas depois há várias que ultrapassam as nossas competências e ver que não temos a ajuda necessária para poder salvar a pessoa. Mas, o socorrismo é mesmo isto.

7- Já teve de pôr em prática os seus conhecimentos de socorrismo fora das horas de trabalho?

Sim, algumas vezes, por exemplo quando uma pessoa cai ou quando vejo um acidente.

 8- Na sua opinião, considera que os socorristas de hoje em dia têm uma formação mais completa?

Os socorristas fazem formação de dois em dois anos, mas na minha opinião deveriam fazer anualmente.

9- De que maneira acompanha a evolução desta área? Pode indicar-nos alguns exemplos que demonstrem essa mesma evolução?

Sim. Por exemplo, o Suporte Básico de Vida. Há ainda o DAE (Desfibrilhador automático exterior) que passou a ser obrigatório em locais públicos, embora na prática isto ainda não aconteça. Actualmente só o medicou ou o enfermeiro autorizado e na presença de um medico o podem utilizar, mas está a ser regulamentada a utilização por TAT qualificados.

10- Considera fundamental a actualização dos conhecimentos por parte dos socorristas ou defende que as técnicas antigas chegam?

Sim, a actualização é importante e devia ser feita anualmente.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: